Internacionalização da logística abre o CE para novos negócios

EXPOLOG – Feira Internacional de Logística

O Estado do Ceará tem tido destaque a nível mundial no que diz respeito à logística. As parcerias firmadas com grandes e experientes empresas estrangeiras – especificamente Air France-KLM e o Porto de Roterdã – resultam em perspectivas de projetos promissores, transformando Fortaleza em uma das principais portas de entrada no Brasil por via aérea ou marítima. Esta avaliação é debatida no XII Seminário Internacional de Logística e Feira Internacional de Logística (Expolog 2017), que ocorre até hoje, no Centro de Eventos.

Dentre os principais destaques do Estado estão a Cearáportos, que administra o Complexo Industrial e Portuário do Pecém (Cipp) e a Zona de Processamento de Exportação (ZPE). As duas empresas estão representadas no estande do Governo do Estado, visando a atração de novos investimentos para o Ceará.

Terminal portuário

O presidente da Cearáportos, Danilo Serpa, destacou a situação atual do Estado, enfatizando o crescimento verificado no Porto. “O Ceará está localizado na esquina do Oceano Atlântico e estamos trabalhando fortemente com este potencial. Acabamos de conquistar o hub da Air France-KLM-Gol, transformando Fortaleza num centro de conexões aéreas, com cinco voos semanais para a Europa. Destacamos também a sessão de nosso aeroporto para a Fraport. E o Pecém vem buscando se consolidar como o centro de conexões de cargas marítimas. Crescemos ano passado 61% e a expectativa para este ano é crescer 50%, fechando em mais de 15 milhões de toneladas transportadas, recorde histórico do Pecém”, disse Serpa.

Ele ressaltou, ainda, a “participação do Porto de Roterdã, um dos maiores portos do mundo, na gestão do complexo do Pecém”, como outro fator positivo para impulsionar o setor de logística no Estado.

A Expolog 2017 tem como tema “Internacionalização”. Ontem, representantes de alguns países como Portugal, Bélgica e Coreia do Sul participaram da solenidade de abertura.

O presidente da Câmara Portugal-Brasil no Ceará, Armando Abreu, concordou com a visão de Danilo Serpa sobre o cenário logístico local. “O Estado do Ceará está vivendo um momento muito bom. Em detrimento da crise e das dificuldades, vemos algumas boas iniciativas de governo”, apontou, enfatizando as parcerias firmadas com as multinacionais e também elogiando a localização geográfica de Fortaleza e do Pecém.

A primeira palestra do evento ficou a cargo do diretor de Outorgas Portuárias da Secretaria Nacional de Portos do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Ogarito Borgias Linhares, com o tema: “Outorgas Portuárias – Desafio e Realidade”.

Apoio empresarial

Sendo a logística uma atividade essencial para as empresas, sobretudo as que atuam nacionalmente, o Grupo Edson Queiroz garante a presença de suas marcas na Expolog por meio de um estande corporativo.

Nacional Gás, Hipercor, Indaiá, Esmaltec e SVM estão em destaque no estande do Grupo, que inclui painéis sobre essas empresas e ações de demonstração de alguns produtos.

No evento, marcas com atuação nacional têm a oportunidade de fazer negócios e reforçar sua visibilidade entre profissionais e empresas do setor de logística. Este, por sua vez, apresenta avanços e desafios num contexto de internacionalização crescente do comércio de produtos.

fonte: http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/cadernos/negocios/internacionalizacao-da-logistica-abre-o-ce-para-novos-negocios-1.1854871

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta